Anoitan

“Se sempre há um amanhã, sempre há um anoitã.”

Archive for the ‘Astrologia’ Category

Magia = Cosmos = Política

Posted by Sem em julho 19, 2013

Uma interpretação dos movimentos sociais ocorridos no Brasil através da astrologia

 

 

Convocação a Saturno

aquarius

Era de Aquário 

quando o Samsara é o Nirvana

e não o contrário

 

 
Em astrologia, se diz, há duas espécies de trânsito: os de curta e os de longa duração.

Os primeiros não se estendem por mais do que algumas horas ou alguns poucos dias e, consequentemente, têm curta ou relativa influência em nossas vidas. Alguns são mesmo tão ligeiros que podem até passar despercebidos. Mas, vamos lembrar, basta um momento – feliz ou infeliz – para mudar tudo na vida de uma pessoa.

 

A vida acontece num momento

 

Já os trânsitos de longa duração, são de outra natureza – não menos trágica – e não se consegue ignorá-los, precisam, de um ou de outro modo, ser enfrentados. Envolvem em geral planetas mais demorados, e alguns podem custar anos a passar.

Ligeiros ou demorados, o tempo todo em nossas vidas nós passamos por trânsitos, e a interpretação deles caracteriza a própria arte da astrologia. Alguns são mais fáceis de encarar do que outros, dependendo, não apenas da natureza deles, mas de nós em relação ao assunto transmitido. Nós, e a história da vida em nosso planeta, passamos por trânsitos, e é natural, já que a vida é dinâmica.

Quero chamar a atenção nesse momento para os dois tipos de trânsito, que estão ocorrendo em simultâneo agora, entre vários planetas transpessoais – assim chamados em astrologia os gigantes gasosos e para além deles (a partir de Júpiter), cuja influência em nossas vidas se dá mais pelo modo indireto como agem, através de mudanças que provocam em nosso meio social e ambiental, mudanças às quais temos que necessariamente nos adaptar.

Continue lendo »

Posted in Anarquismo e Política, Arquétipos, Astrologia, Comportamento, Poemas, Sociedade, Vídeos | Etiquetado: , , , , , | 10 Comments »

II Simpósio Brasileiro de Hermetismo

Posted by adi em maio 19, 2011

Atendendo solicitação da nossa amiga Luiza, segue programação do II Simpósio Brasileiro de Hermetismo e Ciências Ocultas, que se realizará na cidade de São Paulo no Nikkei Palace Hotel, nos dias 23, 24 e 25 de junho de 2011.  O evento contará com experientes palestrantes.  Vagas limitadas, então garanta já a sua participação !!

Para maiores detalhes, direto no site:   II Simpósio de Hermetismo

O programa do Simpósio poderá sofrer alterações de temas e palestrantes a qualquer momento.

23/jun/2011

08:30 – 08:50 – Abertura Oficial

08:50 – 10:50 – Astrologia Hermética – Marcelo Del Debbio

11:00 – 12:45 – Umbanda, Xamanismo e Magia – Alexandre Cumino

12:45 – 14:00 – Almoço

14:00 – 16:00 – O Tarot de Crowley e a Magia Sexual Thelemica – Frater Goya

16:00 – 16:30 – Coffe Break

16:30 – 18:00 – Alquimia

18:00 – 20:00 – Xamanismo: O Arquétipo Animal como Chave do Auto Conhecimento –Fernando Maiorino

20:00 – Jantar de Confraternização

24/jun/2011

09:00-11:00 – Arquitetura Simbólica: Simbologia, Geometria Sagrada e o Ser – Márcio Lupion

11:10 – 12:40 –  I Ching, do Xamanismo ao Computador – as relações entre o Livro das Mutações e o xamanismo antigo chinês, as tradições milenares taoístas e a ciência moderna – Gilberto Antônio Silva

12:40 – 13:50 – Almoço

13:50 – 15:50 – Magia Egípcia: O Novo Equinócio dos Deuses – Frater Goya

15:50 – 16:10 – Coffe Break

16:10 – 18:10 – As escolas iniciáticas da Kabalah: Judaica, Cristã, Hermética, Maçônica e Mágica – Edmundo Pellizzari

18:15 – 20:15 – Mesa Redonda – O lado místico das religiões: Sufismo, Hinduismo, Cristianismo e Judaísmo

25/jun/2011

09:00 – 11:00 – A Felicidade segundo a ótica da Magia Cerimonial – André Calladan

11:10 – 12:45 – Magia do Budismo Esotérico – Renan Romão

12:45 – 14:00 – Almoço

14:00 – 14:55 – Visão da Teosofia sobre os 7 raios – Carlos B. Conte

15:00 – 16:00 – As 7 raças humanas – Carlos B. Conte

16:00 – 16:30 – Coffe Break

16:30 – 18:00 – LHP – O Caminho da Mão Esquerda – Adriano Camargo

Posted in alquimia, Astrologia, Astrologia hermetica, Astronomia, Cabala, ciencia, Cristianismo, Filosofia, I Ching, Psicologia, Religião, Taoísmo | 3 Comments »

O Céu do Momento

Posted by Sem em abril 10, 2011

E eu vos direi: “Amai para entendê-las:
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas.”

Olavo Bilac

 

 

 

 

*

*   *

 

 

 

Para todos os loucamente apaixonados pela noite do Universo e a quem a paixão pelos céus cobre os contornos do corpo nada abstrato do seu desejo, o site,

 

Solar System Scope

 

– ainda em construção, é uma dica e tanto para se curtir.

Como numa webcam, ele aproxima, em tempo real e projetado, infinitas imagens do céu noturno. São fotografias do firmamento, belíssimas, que para os amantes mais frios podem ser apenas um preciso posicionamento – astronômico – de astros a serem observados ou contidas interpretações simbólicas – astrológicas – do que os mesmos astros têm a revelar sobre nós,  mas, para os amantes verdadeiros, sempre em busca de sentidos ocultos não percebidos – apenas – com a razão, para os aproximados da loucura pela paixão, como os poetas e os místicos, são retratos do bailado cósmico dos deuses comandantes dos nossos destinos.

Então, para escolher de onde irá observar o céu, vá em “View Selection” na parte esquerda da tela – estão disponíveis o ponto de vista hélio e geocêntrico do sistema solar, e também o céu noturno de qualquer lugar da terra. Já para projetar a imagem no tempo passado e futuro, na parte de baixo da tela há um calendário e um relógio que podem ser ajustados na data e horário desejados. E com os cursores do mouse ou do teclado, ou movendo a régua na parte direita da tela, é também possível girar a imagem e dar zoom.

 

 

Veja a imagem do céu desse momento: dia 10 de abril de 2011, aproximadamente às 19h50. Movimentei a imagem para aparecer o Brasil ao centro e de modo a que todos os planetas (incluso o planeta anão Plutão) aparecessem.

 

 

Esta é a visão geocêntrica do céu momento (clique na imagem para ampliar):

 

 

 

 

E a visão heliocêntrica do mesmo momento:

 

 

 

Posted in Arquétipos, Astrologia, Astronomia | 23 Comments »

Símbolos Sabeus: a vida em imagens

Posted by Sem em novembro 21, 2010

Em astrologia antiga, cada um dos 360° do zodíaco contém uma imagem, um monômero em sincronia com o Cosmo, que é uma evocação ou registro arquetípico daquele momento.

Hoje, precisamente aos 28°59’6” de escorpião, a imagem é a de uma mulher em traje de cerimônia erguendo diante dela um cetro no qual se enrola uma serpente com cabeça de dragão.

.

Para os dias que correm, a arte pop de Lady Gaga traduz com perfeição.

.


.

Também a arte contemporânea e engajada de Andy Goldsworthy, prefiro.

.

.

Para saber mais, leia:

Símbolos Sabeus

Graus Simbólicos


Posted in Arte, Astrologia | Etiquetado: , | 3 Comments »

Franco-Atirador

Posted by adi em dezembro 17, 2009

Abaixo os links para os posts do antigo blog Franco-Atirador, do Lúcio Manfredi, os arquivos estão divididos em duas partes, como segue:

http://www.4shared.com/file/oEd_xq4a/Franco_Atirador_Malprg_-_1__1_.htm

http://www.4shared.com/file/eaqYHhvZ/Franco_Atirador_Malprg_2__2_.htm

Posted in A Experiência Mística, alquimia, Amor, Anarquismo e Política, Arquétipos, Arte, Astrologia, Astrologia hermetica, Budismo, Cabala, ciencia, Cinema, Cristianismo, Epistemologia, Filosofia, FRANCO ATIRADOR, Gnosticismo, Hermetismo, Humor, I Ching, Musica, Não-dualidade, Psicologia, Religião, Sufismo, Taoísmo, Uma Palavra de Nossos Patrocinadores, Umbanda, Xamanismo, Zen Budismo | 33 Comments »

Mitopoesia

Posted by Sem em setembro 7, 2009

sol

Tome-se o Sol redondo e coloque o homem no centro

– como a medida de todas as coisas.

Pegue-se o conjunto humano e promova humana cultura

– cultuemos os gêneros como medida.

urano

(O Sol é a luz convexa do espírito que a tudo ilumina; a Lua é a alma côncava no corpo da Terra esquecida.)

marte

O homem é então todas as medidas, menos ele é a mulher.

O que é a mulher?

Antes da medida é a desmedida das fases

Antes da referência é a subumana cultura

Mulher é mênstruo: bicho-lua.

lua

Principia o mês Perséfone menina

Nua e nova, objeto do céu – céu que nem se apercebe violado objeto

plutao

Menina que não deseja, antes é desejada

Primeiro pela mãe, depois pelo marido

Primeiro a primavera, depois o inverno

Sempre uma estação depois da outra – dividida.

lilith

Oculta a minguante, esquecida a Deméter

Mal morre e já nasce em crescente Afrodite

Outra mulher: mulher desejante

Deusa venusiana de amor mendicante

venus

Peça-lhe tudo: trabalhe e enfeite-se, ore e erija-lhe templos

Colha da messe prodígios, beleza, delícias

Receba tudo, menos fidelidade.

Só cheia de amor a lua pode ser monogâmica

Psiquê à espera de Eros esperando Volúpia…

mercurio

Se uma mulher olha para outra mulher e insiste o olhar

É antes para descobrir em qual fase ela está – ela e a outra

Mulher cambiante que nunca está onde se põe

Precisa do espelho para se ver refletida

No contraste e na inconstância da amiga.

terra

Mulher objeto tridimensional, quatro fases, dupla jornada

Mulher mensal bicho-lua mutante

Pedaço da Gaia antiga orbitando no céu de agora

Ardendo ao Sol no espaço, gelando no vazio

saturno

Refletida no lago

Orquestrando de longe os líquidos: a gota, o pus, o pântano

Movimentando marés

A vida dos homens.

netuno

A Lua é a alma côncava no corpo da Terra esquecida;

O Sol é a luz convexa do espírito que a tudo ilumina.

jupiter

Posted in Astrologia, Mito, Poemas | 2 Comments »