Anoitan

“Se sempre há um amanhã, sempre há um anoitã.”

A vida continua bela

Posted by adi em janeiro 16, 2013

Enfim o ano de 2013 chegou e apesar da previsão apocalíptica que circulou pelo mundo afora, o mundo não acabou. Então feliz 2013 pra todos, eu sei que bem atrasada, mas como ainda é começo de ano, está valendo :).

3014borboleta

E lembrar que anos atrás as mensagens canalizadas dos ditos mestres ascensos eram puro terrorismo apocalíptico, é até engraçado notar como as mensagens mudaram de discurso diante de uma previsão furada – ahh, agora se trata de mudança consciencial…  Assim de um dia para o outro, sem trabalho interno completo, todo mundo (mas só os escolhidos) foi renovado e ascensionado em 21/12/2012. É que há também outro nome para essa rapidez de mudança de consciência: energia espiritual “quântica”. Que presentão do Papai Noel ou seria Papai do Céu!! também quero, rs.

Brincadeiras a parte, não voltei só para fazer esses tipos de críticas, ao menos não por agora. Fazia tempo que não postava nada e estou voltando depois de longas férias, ano passado foi um ano corrido para mim, além de que passei por um longo período sem inspiração. Comecei vários posts, mas nenhum chegou a ser concluído. 2012 foi um ano de imersão, eu passei a maior parte do ano lendo sobre Cabala, Tarô, mas principalmente pesquisando sobre as qliphoth. Acho que passei tempo demais lendo sobre isso e, não vou negar que de certa forma isso não tenha me afetado. Foi um ano pesado. Mas eu ainda não desisti dos posts e ainda vou compartilhá-los com os poucos leitores que ainda se interessam por esses assuntos do Anoitan. 🙂

Começo de ano todo mundo faz uma retrospectiva da vida, dos sonhos realizados, dos ainda a se realizar, enfim, das lições que a vida sempre está a nos ensinar. E analisando, talvez o mais importante dessa retrospectiva seja perceber o quanto mudamos, o quanto já não somos as mesmas pessoas. E acho isso muito bom.

mudanca

É difícil dizer sobre mudanças quando se trata de nós mesmos. Porque é muito difícil quebrar paradigmas internos, sair de um padrão que já não tem mais afinidades com o seu momento, enfrentar a oposição e dar o primeiro passo totalmente livre de um ideal, crença ou conceito ultrapassado, e fazê-lo com plena consciência é um peso ainda maior, porque é se separar de um conjunto no qual a maioria (sociedade, grupo, família, egrégora) acredita e isso te dá proteção, sair dessa proteção e caminhar com as próprias pernas é assustador e muito solitário. Por outro lado, acredito que vale a pena ir adiante seguindo aquela intuição, a voz interior e se entregar a essa vontade de coração. Isso é continuar na empreitada de conhecer o que nos limita e cerceia a plena liberdade. A chave continua sendo o bom e velho “autoconhecimento”, e estar nessa circumambulação rumo ao centro, nos dá a certeza de que se está no caminho do qual se deveria estar.

lotus1

Essa é a magia da coisa e a beleza da vida; pra mim hoje, não se trata mais sobre saber se o caminho é o certo ou errado, ou se estamos agindo certo ou errado. Partindo do pressuposto de que cada indivíduo procura fazer o seu melhor, e dentro disso, fazer as melhores escolhas e melhores ações, então, simplesmente as coisas acontecem porque assim que tem que ser. Nós representamos papéis e, ora somos agregadores, ora desagregadores – e me parece, não por acaso, nós atraímos situações as quais nos levam a mudanças constantes, em que na maioria das vezes nossos papéis nem sempre são estáticos. E onde está a magia e a beleza?  A magia e a beleza, está em perceber que há uma grande força atuando por trás disso tudo, há um grande propósito e nós somos apenas os atores dessa grande obra nesse grande palco da vida.

Anúncios

2 Respostas to “A vida continua bela”

  1. Que bom que postou de novo! =D

  2. adi said

    Oi End, que bom vê-lo por aqui. 🙂

    Tô voltando sim e acho que amanhã termino um post sobre budismo, na minha opinião, bem interessante.

    Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: