Anoitan

“Se sempre há um amanhã, sempre há um anoitã.”

Nada Mais Importa

Posted by adi em setembro 4, 2011

Nada Mais Importa

Tão perto, não importa o quão distante,

Não poderia ser muito mais (distante) do coração.

Eternamente confiando em quem somos

E nada mais importa.

Nunca me abri deste jeito,

A vida é nossa, nós a vivemos do nosso modo

Todas estas palavras, eu não digo apenas (por dizer)

E nada mais importa.

Confiança eu procuro e encontro em você

Cada dia para nós é algo novo.

Mente aberta para uma concepção diferente,

E nada mais importa.

Nunca me importei com o que eles fazem,

Nunca me importei com o que eles sabem,

Mas eu sei.

Tão perto, não importa o quão distante

Não poderia ser muito mais (distante) do coração.

Eternamente confiando no que nós somos

E nada mais importa.

Nunca me importei com o que eles fazem,

Nunca me importei com o que eles sabem,

Mas eu sei.

Nunca me abri deste jeito,

A vida é nossa, nós a vivemos do nosso modo

Todas estas palavras, eu não digo apenas (por dizer)

E nada mais importa.

Confiança eu procuro e encontro em você

Cada dia para nós é algo novo.

Mente aberta para uma concepção diferente,

E nada mais importa.

Nunca me importei com o que eles dizem,

Nunca me importei com os jogos que eles jogam,

Nunca me importei com o que eles fazem,

Nunca me importei com o que eles sabem,

E eu sei, yeah.

Tão perto, não importa o quão distante

Não poderia ser muito mais (distante) do coração.

Eternamente confiando no que nós somos

E nada mais importa.

Anúncios

4 Respostas to “Nada Mais Importa”

  1. Elielson said

  2. adi said

    Oi Elielson,

    Linda, muito linda essa música.

    E veio assim, num momento especial, obrigada.

    Verdade, a vida é linda, não é!!(interrogação) muito especial, é o que eu sinto sempre; pois, não importa onde estamos, nada importa… aqui na Rússia, no Brasil, na China, em Floripa, São Paulo, ahh, o mundo inteiro, há muita beleza, e a vida é sempre linda, é sempre tão especial.

    E as pessoas são lindas demais…. meu Deus, só dizendo assim!! que beleza estonteante há dentro das pessoas… E a vida é um grande presente…

    Eu estou apaixonada pela Rússia, mas principalmente pelas pessoas daqui, que a tornam tão especial.

    Você Elielson é também tão especial… sabe, pessoas que sempre onde se manifestam levam alegria e felicidade e prazer… Pois é, você é desse tipo de pessoas, que acrescentam e que tornam o mundo mais belo.

    Obrigada.

  3. Elielson said

    Vc tbm Adi. Muito especial, uma das ótimas coisas que a internet pode me proporcionar.
    E há dores no mundo? Há! Mas todo o mal do mundo só cabe no mundo, como uma coisa que fica no que estamos de passagem, nessa meia vida que a cada dia aponta mais pra verdadeira vida, e como me faz bem ler vc, ler a Sem, e todas essas almas que preenchem o universo com o conforto necessário pra não nos deixarmos levar por nenhum pessimismo, e que faz o presente valer a pena e que faz a espera e a ansiedade não serem tensas.

    Eu que agradeço.

  4. adi said

    Às vezes demora pra cair a ficha!! mas, lá um dia, a gente percebe que há basicamente duas maneiras de viver a vida, uma delas tendendo para o pessimismo, e a outra maneira tendendo a ver o lado positivo e bom dos acontecimentos e da nossa própria experiência da vida, mas principalmente das pessoas. E é muito interessante notar que quando agimos mais positivamente, portanto, com maior abertura e receptividade, tudo flui tão lindamente e sem esforço.

    É poder ser você mesmo, integralmente e sem obstáculos, sem medo das criticas alheias, e é poder aceitar o outro integralmente sem objeções e condições, e isso antes de mais nada é liberdade e amor.

    Quando nossas atitudes acontecem naturalmente, sem interesses embutidos, sem querer parecer o que não se é, e sem esperar nada em troca; então você recebe tudo de volta e ainda muito mais… então acontece uma alegria e um sentimento de não estar sozinho, que não importa onde ou quando, tudo o que lhe é necessário chega em suas mãos…

    E essa é a magia da vida que acontece espontaneamente o tempo todo, basta prestarmos atenção, basta deixar acontecer.

    Nem preciso dizer, mas vou dizer assim mesmo, 🙂 que me faz muito bem ler você, e ler a poesia da Sem, e ler autores que assim também nos inspiram e que nos ajudam a compreender nossa própria experiência de vida e atuação no mundo.

    E por isso a vida é linda demais, porque ela nos traz exatamente aquilo de que precisamos no exato momento que tem que ser. E quando o que nos chega não está ao nosso agrado, é porque precisamos rever alguns conceitos internos. Eu tenho a impressão que nós não mudamos o mundo, mas ao contrário, que o mundo nos transforma, e então na medida de nossa transformação nossa atuação passa a ser diferente, sem querer transformar o mundo, mas aceitando-o inteiramente. E sabe o mais lindo, é que essa aceitação da vida do mundo se dá na mesma medida da aceitação de nós mesmos. O amor ao mundo é na mesma medida do amor que temos por nós e vice versa porque tudo te retorna e isso só tende a aumentar…

    Nossa percepção de nós mesmos, da vida e do mundo é a nossa própria medida e limitação do mundo como representação na psiquê, ou seja, tudo tem a proporção e dimensão do que podemos perceber e compreender, nem mais, nem menos. 🙂

    Abraços pra ti.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: