Anoitan

“Se sempre há um amanhã, sempre há um anoitã.”

Poeira de estrelas

Posted by luramos em abril 26, 2009

Dentro de nossa viagem conjunta no caminho do auto-conhecimento, podemos ser menos antropocêntricos?
Conseguiremos redimensionar nossa importância e nossos sofrimentos? Conseguiremos enxergar a irrelevância de nossas medidas de tempo e espaço?

Anúncios

Uma resposta to “Poeira de estrelas”

  1. sem100 said

    Lu, que vídeo! O pálido ponto azul… e eu viajei nos filmes!

    Pessoal, boa notícia! 🙂 ativei minha conta, quando fui limpar minha caixa postal hoje descobri um email do Lamed do dia 24, estava na lixeira… é que eu recebo muito spam e alguns emails, de remetentes desconhecidos e com end de web, por exemplo, vão direto para lá. Quase que eu apago, 8) ainda bem que eu olhei antes. Será que eu já posso postar algo ou tem que esperar o nome aparecer ai do lado nos autores?

    Mais uma vez agradeço a confiança e é um prazer e uma honra estar aqui com vcs. Bjos generalizados! 🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: